Noticiaspromoçao

Com setor de Serviços em alta, MS registra abertura de 903 empresas em junho

Mato Grosso do Sul registrou abertura de 903 empresas no mês de junho, conforme dados divulgados nessa segunda-feira (10) pela Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul) que constam na Carta de Conjuntura elaborada pelo setor de Economia e Estatística da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação). É o segundo maior número para o mês desde o início da série histórica, no ano de 2000. O recorde para junho foi registrado no ano passado, com 909 empresas abertas no período.

O setor de Serviços continua em alta, respondendo por 70,43% do total de empresas abertas em junho (636). Em seguida aparece o setor do Comércio, com 234 novas empresas e depois Indústria, que registrou a abertura de 33 firmas. O acumulado do semestre é recorde para o período. Foram registradas 5.211 novas empresas entre janeiro e junho desse ano, contra 4.746 no mesmo intervalo de tempo do ano passado. Serviços também se destacam no acumulado, com 3.711 empresas, seguido do Comércio (1.309) e Indústria (191).

A distribuição regional dos negócios segue a ordem por quantidade de habitantes das cidades, com pequenas variações. Campo Grande lidera com 400 novas empresas abertas em junho, em segundo lugar vem Dourados (102 empresas), depois Três Lagoas (39), Ponta Porã (28), Naviraí (21), Paranaíba (18), Ivinhema (17), Chapadão do Sul (16), Nova Andradina (15) e na 10ª colocação está Corumbá, com 14 empresas.

Com setor de Serviços em alta, MS registra abertura de 903 empresas em junho

Quanto aos subsetores da economia, percebe-se que há uma distribuição bastante generalizada das novas empresas por ramo de atividade. Em primeiro aparece o subsetor de serviços combinados de escritório e apoio administrativo, com 32 novas empresas; em segundo comércio varejista e artigos do vestuário e acessórios (26), depois construção de edifícios (22), atividades de consultoria em gestão empresarial (22), holdings de instituições não financeiras (22), serviços de engenharia (21), transporte rodoviário de carga (18), atividade médica ambulatorial restrita a consultas (18), restaurantes e similares (18) e em décimo, o subsetor de atividade odontológica, com 17 novas empresas.

0 - 0

Thank You For Your Vote!

Sorry You have Already Voted!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo